Primeira Guerra - 100 anos! (parte 03): cenas de batalhas (com vídeos) ~ Identidade 85 ::
Booking.com

sábado, junho 14, 2014

Primeira Guerra - 100 anos! (parte 03): cenas de batalhas (com vídeos)





Nesta postagem montamos uma coleção de alguns momentos importantes registrados em vídeos históricos. São cenas de algumas das principais batalhas da Primeira Guerra Mundial, grande parte ainda inéditas para a maioria das pessoas. Com os vídeos seguem comentários nossos, traduções de um série tratando da Batalha do Somme e um clipe da música  Paschendale, da banda Iron Maden!

De maneira didática, podemos dividir a Primeira Guerra em 3 fases: Guerra de movimento, nos anos iniciais do conflito, incluindo o jogo de alianças e as hostilidades; Guerra de Trincheiras, que consistiu na construção de trincheiras em solo francês; e a Nova Guerra de movimento, onde foram introduzidas novas armas como as metralhadoras e os tanques e teve como novidade a entrada dos Estados Unidos, em 1917. 

Na lista das batalhas importantes da Primeira Guerra temos: Galipolli, Marne, Verdun, Somme, Jutlândia, Arras e Ypres. Destacaríamos as Batalhas do Somme e de Verdun como as mais decisivas. 

E para ilustrarmos e comentarmos um pouco sobre algumas delas, seguem alguns vídeos, alguns dos quais sem som, mas igualmente interessantes pelos registros feitos!


Batalha do Marne

Os combates no Marne tiveram dois grandes momentos: um em 1914 e outro já em 1918. No primeiro momento, na Primeira Batalha do Marne, o período foi de 5 de Setembro a 12 de Setembro de 1914. Tratou-se de uma importante vitória da Entente sobre a Alemanha, em um dos momentos que se mostraram decisivos na Primeira Guerra Mundial. Já a chamada Segunda Batalha do Marne (também conhecida como Batalha de Reims) ocorreu entre 15 de julho e 5 de agosto de 1918 e foi a última importante ofensiva alemã na Frente Ocidental. As coisas não correram como o esperado, e a ofensiva falhou quando a Entente, liderada pela França, contra-atacou e subjugou os alemães, impondo-lhes muitas baixas.

No vídeo abaixo, vemos um grupo de soldados franceses em pé e ao redor uma área devastada. É uma cena dExército francês na batalha do Marne. Ele mostra soldados em pé ao redor de um grande veículo blindado (possivelmente capturado do inimigo). Dois dos homens estão enrolando arame farpado em um novelo. Há um soldado na extrema esquerda sentando e escrevendo uma carta, visto apenas muito brevemente.


Batalha de Verdun 

A Batalha de Verdun, ocorrida na Frente Ocidental, entre 21 de Fevereiro a 18 de Dezembro de 1916, colocou frente a frente franceses e alemães, num terreno cheio de elevações a norte da cidade de Verdun-sur-Meuse, nordeste de França. Há estimativas de 714.321 mortos - 377.231 do lado francês e 337 000 do lado alemão*** (outros dizem que o número passou de 900 mil!). Foi a batalha mais longa da Primeira Guerra, e uma das mais devastadoras em termos de baixas em comparação com outras guerras ao longo da História. 

As cenas que podem ser vistas no vídeo a abaixo são de muita ação, por terra e pelo ar. Em momentos variados, podemos ver tropas francesas em movimento em meio ao fogo cerrado, com disparos de arma Big, explosões, passagem de arames farpados, névoa; um oficial falando no telefone de campo e operadores de código Morse. Podemos ver também soldados sentados ao lado da encosta, no meio da destruição e ainda soldados andando ao longo do cume e com vista do alto sobre campo aberto. Talvez uma das cenas mais interessantes (para nós, claro) seja a de um avião caindo depois de ser atingido.




Batalha do Somme


Mais uma das batalhas conjuntas entre França e Inglaterra, foi travada entre julho e novembro de 1916. O objetivo era romper as linhas de defesa alemãs, ao longo de 12 milhas (19 km), estacionadas na região do Rio Somme (França). Objetivo que não foi alcançado, deixando, no entanto, um assustador número de baixas: de 1.650.000 soldados destacados (somando os dois lados), foram pelo menos 1,2 milhão de vítimas (entre mortos e feridos), em cinco meses de combate. Foi uma das operações militares mais violentas da História da humanidade e, pelos parcos ganhos territoriais (cerca de 300 quilômetros quadrados), foi, uma das mais inúteis. Nessa batalha estrearam os tanques de guerra. 

O vídeo a seguir, que faz parte da série A Day that Shook the World, registra esse momento, com narração de John Humphrys. Depois do vídeo segue uma tradução feita por nós das falas que constam no mesmo.


"Com o som de metralhadoras e explosões que alguns disseram poder ouvir em Westminster, a Batalha do Somme começou em 3 de julho de 1916. Ela chocou o mundo com a carnificina e, no final, mostrou sua futilidade. 

A ideia tinha sido, segundo disseram os generais, avançar 4 mil metros através do campo de papoula da Picardia no primeiro dia, e então apertar o Exército alemão fora de suas posições entrincheiradas. Estes seriam então perseguidos, numa rota, cruzando um terreno indefeso. E então o maior contingente militar que a Grã-Bretanha jamais enviou, com cada voluntário, começava a avançar ao longo de 15 milhas de front. A realidade disso tudo provocou um profundo choque. 

O fulminante fogo de metralhadoras alemãs cortou as tropas que avançavam com tal precisão que milhares morreram nos primeiros 15 minutos de batalha. Ao cair da noite, no fim do primeiro dia, as forças britânicas não tinham conseguido substanciais avanços territoriais. Mas, as perdas tinham sido horríveis. 60 mil tinham sido mortos ou feridos em questão de horas. 

De volta à Grã-Bretanha, quando a imagem real da batalha começou a emergir,  havia muitos protestos públicos, e um crescente movimento anti-guerra começava aparecer e a luta contra o nacionalismo patriótico da grande maioria também. Longe de querer que a Guerra acabasse, este grupo de patriotas foi às ruas para que continuasse os confrontos de forma mais intensa. No nível político, um resultado direto da Campanha do Somme foi a mudança na liderança da Coalizão Governamental. O Primeiro Ministro, Herbert Asquirth, disse ao rei George V que ele não podia mais suportar as críticas persistentes de sua liderança na imprensa. 

Depois de muitas plotagens e trapaças de alto nível, David Lloyd George foi apontado para suceder Asquith, e imediatamente anunciou um novo estilo de gabinete, incluindo o jovem Winston Churchill, que iria prosseguir vigorosamente com o esforço de guerra. De volta nos campos de batalha dos Flandres, os horrores do Somme foram logo substituídos por histórias de muitas outras lutas épicas, de como a Primeira Guerra foi prolongada por por dois anos. 

Mas, como muitos diriam depois, ela realmente foi um caso de leões liderado por burros".


Ypres

Foram 4 as batalhas de Ypres (há quem diga que foram 5), entre 1914 e 1918. E é tomando uma delas que terminarmos, ao menos por enquanto. Usamos para isso o clipe da banda Iron Maiden, interpretando a música Paschendale, outro nome da Terceira Batalha de Ypres, com cenas de Nada de novo no front (All quiet on the western frontTV Remake de 1980). Tratou-se de uma batalha encarniçada, com reviravoltas, que só terminou em novembro quando o Corpo Canadiano capturou Paschendale (ou Passchendaele, segundo variantes), situada na última colina a leste de Ypres, a 8 km de um entroncamento ferroviário em Roulers, uma parte vital do sistema de abastecimentos do Quarto Exército alemão. 

É como diz a música, uma comemoração dos horrores, uma vista sobre os corpos dos nossos e de nossos inimigos, onde "o mar da morte transborda / Na terra de ninguém só deus sabe / Para as mandíbulas da morte nós vamos" (veja a tradução completa, clique aqui). 







* Imagem do topo: soldados e corpos entrincheirados na Frente Ocidental. Retirada da internet, sem informações de fonte.

** Com exceção do clipe da banda Iron Maiden, todos os demais vídeos aqui utilizados foram disponibilizados pela British Pathéwww.youtube.com/user/britishpathe.

*** The Battle of Verdun 1916 - the greatest battle ever http://www.wereldoorlog1418.nl/battleverdun/index.htm#battle02

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Digite e tecle Enter para buscar!